quinta-feira, 2 de junho de 2016

Madalena´s - Parquinho e Biblioteca

Nós, fomentadores da cultura, precisamos compreender que temos a responsabilidade de fazer chegar, até os mais longínquos e isolados locais, a nossa produção, porque temos que ter responsabilidade social também. Esta em nossas mãos também, o desenvolvimento intelectual dos brasileiros.

Como sabem, nós do Jornal Sem Fronteiras, estamos apoiando, oficialmente, a luta árdua da ONG Madalena´s para a realização do projeto sociocultural“PARQUINHO E BIBLIOTECA PARA ESCOLA CARENTE”, idealizado pelas escritoras Isis Dias Vieira e Lúcia Amélia.

O Projeto em questão foi apresentado em março, em Blumenau, durante o Sarau Sem Fronteiras, e consiste na montagem de uma Biblioteca Infantil e na montagem de um Parquinho para uma escola carente no interior do Estado do Espírito Santo. Trata-se da Escola Jardim de Infância Menino Jesus (fotos), no Distrito de Vila Verde, Município de Pancas (ES) e que possui inúmeras necessidades básicas, entre elas, as do projeto em questão.






Para a montagem da Biblioteca, contamos com o maior número de doações de livros infantis possíveis. A Escolinha funciona com 130 alunos, distribuídos em 5 turmas de 26 alunos cada. Portanto, solicitamos o envio de doações livros (seus e de seus amigos) diretamente para a Escola, no endereço apresentado no folderabaixo. Isso será muito importante.



Mas não é só isso, precisamos de mais ajuda ainda.

Para a realização deste projeto, é preciso arrecadar uma verba para a compra do Parquinho. Com a venda das camisetas Madalena´s, tanto em Blumenau, quanto na Suíça, não foi arrecado o suficiente. É preciso arrecadar, pelo menos, mais 7 mil reais. Por isso, foi lançado o “Catalogo Artístico Mundo a Fora” - editado de forma bilíngue (português/inglês), pela Helvetia Edições e com a divulgação do Jornal Sem Fronteiras - onde escritores, artistas, músicos etc. poderão adquirir uma ou mais páginas para a apresentação de seu trabalho, em 7 países (Brasil, Suíça, Alemanha, Portugal, Angola, França e EUA).





Para que todos possam tomar conhecimento do regulamento, bem como conferir o modelo de uma página montada, convido-os a ver o regulamento em anexo. Mais informações devem ser obtidas pelo e-mail helvetiaedicoes@gmail.com com cópia para madalenas@hotmail.ch.

A participação de todos vocês é muito importante. Entendam que enquanto estarão divulgando seus trabalhos, vocês estarão também colaborando para uma causa muito nobre. Por isso, convido-os a juntarem-se nós.

Caso não possam participar do Catálogo, por questões financeiras, tenho certeza que cada um de vocês conhece alguém que possa. Então, comprometam-se com a causa, abordem diretamente um amigo e convide-o, efetivamente, a participar. Não se eximam desta oportunidade que bate à porta e convida-nos a exercermos nossa cidadania. Afinal, juntos, somos mais fortes!


Dyandreia Portugal
Jornalista Sem Fronteiras

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Projeto Reconstruir faz campanha de mobilização para construção da nova sede



Fiz parte do projeto Reconstruir na montagem de uma biblioteca comunitária e com oficinas de leitura, criação literária, poesia e histórias para as crianças e adolescentes, moradores do Morro das Pedras. Eles precisam de sua ajuda para a construção da nova sede do projeto e também com o apadrinhamento das crianças. Acompanhe, apoie, adote o projeto e uma criança, seja um voluntário! (Brenda Marques Pena - Presidente do Instituto Imersão Latina) Conheça: https://www.facebook.com/reconstruir

domingo, 31 de janeiro de 2016

31 de janeiro: Dia da Solidariedade - É de criança que se aprende a dividir, compartilha e doar brinquedos é uma ótima atividade para aprender brincando


No dia 31 de Janeiro celebra-se o Dia da Solidariedade e o livro Brinquedos de André Neves traz, de maneira lúdica, valores como consciência ambiental, reciclagem e, claro, solidariedade.

BRINQUEDOS, VAMOS DOAR?

Livro publicado pela Editora Mundo Mirim aborda os temas consumismo e reciclagem

Dois brinquedos, um palhaço e uma boneca, conduzem o fio narrativo de Brinquedos. A obra é uma publicação da Editora Mundo Mirim, que coloca o leitor em contato com duas realidades diferentes. A menina recebe uma boneca de presente. O menino ganha um palhaço. Mas depois de muita diversão, os dois se cansam dos brinquedos, que ficam abandonados no canto da sala. Mas qual será o destino desses brinquedos? Será que eles vão ser jogados no lixo?

Essa história sensível e solidária é contada apenas pelas imagens assinadas por André Neves, no formato de livro só-imagem. Esta obra, que já foi selecionada para diversos programas de leituras a nível federal e estadual, como PNBE e SME-SP, retrata situações do cotidiano, o que permite à criança encontrar nas ilustrações algum detalhe que irá despertar a atenção ou que estará mais perto da realidade que conhece. A obra aborda temas como a desigualdade social, reciclagem, solidariedade e consumismo.

Sobre a Editora: A Mundo Mirim é uma editora voltada ao público infantil e juvenil cujas publicações para crianças e adolescentes têm o intuito de estimular o prazer de ler, fazer um apelo à imaginação e trazer à tona as grandes ideias que uma boa leitura desperta. Além disso, como a infância é uma fase de constante aprendizado, alguns livros também permitem abordagens didático-pedagógicas, um diferencial que amplia as possibilidades de aproveitamento das obras. Sobre o autor: André Neves começou ilustrando para editoras do Nordeste, sua terra de origem. Depois veio para São Paulo e conquistou todo mundo. A maestria dos traços, a leveza das cores e o humor fino e delicado das imagens encantam crianças e adultos. André vem renovando as expectativas na área de imagens para livros infantis.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Dia do Quadrinho Nacional vai ser comemorado em Belo Horizonte com oficinas para crianças e feira de quadrinhos


Belo Horizonte celebra o Dia do Quadrinho Nacional com oficinas e debates
Evento irá reunir autores e pesquisadores com vasta experiência no mercado de quadrinho

Neste sábado, dia 30, a partir das 9h, na Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte (Rua Carangola, 288, bairro Santo Antônio), o Dia do Quadrinho Nacional vai ter várias atividades na capital mineira. O evento, realizado em parceria com o Estúdio Black Ink, oferece uma série de atividades para o público, como oficinas, painéis e feira de quadrinhos com participação de autores nacionais. A entrada é gratuita.

O evento tem como objetivo aproximar quadrinistas e leitores. Os painéis buscarão ser um espaço de debate de temas relacionados ao universo dos quadrinhos nacionais, levando autores e especialistas a expor suas vivências e interagir com o público trocando experiências e retirando dúvidas. Foram convidados para compor as oficinas e painéis profissionais com vasta experiência no mercado de quadrinhos, como autores ou pesquisadores.

Para participar das oficinas, cada interessado deverá comparecer com uma hora de antecedência e fazer a inscrição no local para garantir sua vaga. No espaço da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil também será realizada a Feira de Quadrinhos e os quadrinistas da cidade irão expor seus trabalhos. Também haverá um espaço reservado para escambo de revistas em quadrinhos entre os interessados.

PROGRAMAÇÃO

OFICINAS

• 9h – Quadrinhos Para Crianças – Com Virgínia Froes. Para o público de 5 a 12 anos.

• 11h – Qualquer Um Pode Fazer Quadrinhos. Com Ryot e Gomba.

PAINÉIS

• 12h – Produção Independente de Mangá, com Osmar (Necro), Daniel Bretas (StarMind), Carina Cardoso (Estúdo Numem) e Valdo Alves (Riscos e Rabiscos). A mediação é de Hilton P Rocha.

• 13h – Publicando pela primeira vez, com Carol Macedo, Davi Maciel (Cabeça de Elisa), Katia Schittine e Fabiana Signorini (Senhoritas de Patins).

• 15h – Diversas Formas de Publicar Quadrinhos, com Rodney Buchemy, Bianca Reis (Anna Bolena), Vitor Caffagi e Evandro Alves. A mediação é de Ricardo Tokumoto.

• 16h – Produzindo Quadrinhos para o Exterior, com Eddy Barrows, Eduardo Pansica, Ig Guara e Adriano Augusto.

Mais informações para a imprensa pelo telefone 3277-4682 (Fundação Municipal de Cultura).